Seleção FC

Início » Posts etiquetados como 'Eliminatórias da América do Sul'

Arquivo da tag: Eliminatórias da América do Sul

Álbum da Copa – Figurinhas e Fichas do Chile na Copa 2014

A “La Roja” garantiu sua nona participação em Copas do Mundo. É a segunda vez na história que consegue participar de duas Copas consecutivas e pela primeira vez que isso acontece por meio das Eliminatórias da Conmebol. Isso porque, em 1962, o Chile foi sede do Mundial e garantiu vaga automaticamente. A classificação via eliminatórias foi conquistada apenas para a Copa de 1966.

Em 2014, o Chile não deu muita sorte no sorteio dos grupos da Copa. A equipe sul-americana enfrentará Espanha, Holanda e Austrália na fase primeira fase e corre por fora para obter uma vaga entre os dois primeiros colocados de seu grupo. Só o fato de ter que enfrentar a dupla finalista da última Copa já é algo bem desanimador. 

Entrentanto, o fato de a Copa do Mundo 2014 estar sendo no Brasil já anima os chilenos. Isso porque as melhores campanhas do Chile em Copas do Mundo aconteceram na América do Sul. Em 1930, foi quinto colocado. Em 1950, conquistou o nono lugar. Mas a melhor campanha foi na Copa de 1962, em casa, quando obteve o terceiro lugar.

No Álbum da Copa, dos 17 jogadores apenas um deles atua no futebol chileno (José Rojas – Universidad de Chile). O país com mais atletas é a Itália, com cinco jogadores, seguindo do Brasil, com quatro. Juventus e Fiorentina, da Itália, são os times com mais representantes, dois de cada. Entre os destaques chilenos estão o atacante Alexis Sánchez, do Barcelona, o meia Jorge Valdívia, do Palmeiras, e o atacante Eduardo Vargas, ex-Grêmio e atual Valência.

Confira:

Imagem

Quatro chilenos atuam no futebol brasileiro no ano de 2014

 

Claudio Bravo
Clube: Real Sociedad (ESP)
13-4-1983 | 1,83 m | 80 kg

Marcos Gonzáles
Clube: Flamengo (BRA)
9-6-1980 | 1,90 m | 88 kg

Eugênio Mena
Clube: Santos (BRA)
9-6-1988 | 1,75 m | 68 kg

Gonzalo Jara
Clube: Nottingham Forest (ENG)
29-8-1985 | 1,74 m | 69 kg

José Rojas
Clube: Universidad de Chile (CHI)
23-6-1983 | 1,74 m | 73 kg

Gary Medel
Clube: Cardiff City (WAL)
3-8-1987 | 1,72 m | 74 kg

Mauricio Isla
Clube: Juventus (ITA)
12-6-1988 | 1,77 m | 72 kg

Jorge Valdivia
Clube: Palmeiras (BRA)
19-10-1983 | 1,73 m | 73 kg

David Pizarro
Clube: Fiorentina (ITA)
11-9-1979 | 1,70 m | 65 kg

Matías Fernández
Clube: Fiorentina (ITA)
15-5-1986 | 1,76 m | 72 kg

Marcelo Díaz
Clube: Basel (SUI)
30-12-1986 | 1,66 m | 67 kg

Arturo Vidal
Clube: Juventus (ITA)
22-5-1987 | 1,80 m | 75 kg

Jean Beausejour
Clube: Wigan Athletic (ENG)
1-6-1984 | 1,81 m | 80 kg

Charles Aránguiz
Clube: Internacional (BRA)
17-4-1989 | 1,71 m | 75 kg

Eduardo Vargas
Clube: Valencia (ESP)
20-11-1989 | 1,75 m | 70 kg

Alexis Sánchez
Clube: Barcelona (ESP)
19-12-1988 | 1,71 m | 68 kg

Jordânia e Uruguai: duelo de semelhanças

A Seleção Jordaniana de Futebol poderá ser uma das estreantes em Copas do Mundo. Uruguai poderá participar novamente de outra edição do torneio. A tarefa será difícil para as duas. A repescagem mundial acontece nos dias 13/14 e 20 de novembro. Mais do que vencer o Uruguai, os jordanianos querem provar a evolução vivida no futebol local e fazer história. Mais do que vencer a Jordânia, o Uruguai quer provar que tem uma seleção forte como em 2010.

Garoto torce por vitória do Uruguai nas Eliminatórias da Copa (Foto: http://www.flickr.com/photos/jikatu/5971695285/)

Garoto torce por vitória do Uruguai nas Eliminatórias da Copa (Foto: http://www.flickr.com/photos/jikatu/5971695285/)

Um dado comum entre as duas é o fator casa. Tanto Uruguai quanto Jordânia apresentaram um forte futebol jogando em seus domínios, mas foram mal jogando como visitantes. Os asiáticos perderam apenas para o Iraque jogando em casa e venceram as favoritas Austrália e Japão. Já fora de casa, cinco derrotas e duas delas de goleada para Austrália (4×0) e Japão (6×0).

Os bicampeões mundiais tiveram uma campanha pífia fora de casa. Em oito jogos foram cinco derrotas, um empate e duas vitórias. Foram três goleadas: Argentina (3×0), Bolívia(4×1) e Colômbia (4×0). Nas partidas em casa, os números mudam de figura. Nos mesmos oito jogos foram cinco vitórias e três empates.

Jordânia foi goleada pela Austrália jogando fora de casa (Foto: http://www.flickr.com/photos/nazgulhead/9635372402/)

Jordânia foi goleada pela Austrália jogando fora de casa (Foto: http://www.flickr.com/photos/nazgulhead/9635372402/)

Se as duas seleções mantiverem o mesmo histórico, quem fizer mais gols em casa e tomar menos gols fora, leva a vaga para a Copa 2014.

Veja os números das duas seleções nas eliminatórias:

Uruguai

Seleção Uruguaia na Copa do Mundo 2010 (Foto: http://www.flickr.com/photos/articularnos/4727459890)

Seleção Uruguaia na Copa do Mundo 2010 (Foto: http://www.flickr.com/photos/articularnos/4727459890)

16 jogos
7 vitórias
4 empates
5 derrotas

8 jogos em casa: 5 vitórias e 3 empates
8 jogos fora: 2 vitórias, 1 empate e 5 derrotas

gols marcados em casa: 20
gols sofridos em casa: 10

gols marcados fora de casa: 5
gols sofridos fora de casa: 16

Jordânia

Estádio Internacional de Amã recebeu a visita do Papa Bento 16 (Foto: http://www.flickr.com/photos/h2onews/3528705884/)

Estádio Internacional de Amã recebeu a visita do Papa Bento 16 (Foto: http://www.flickr.com/photos/h2onews/3528705884/)

18 jogos

8 vitórias
4 empates
6 derrotas

9 jogos em casa: 6 vitórias, 2 empates e 1 derrota
9 jogos fora: 2 vitórias, 2 empates e 5 derrotas

gols marcados em casa: 21
gols sofridos em casa: 8

gols marcados fora de casa: 9
gols sofridos fora de casa: 18

Repare que os números são muito parecidos e demonstram um equilíbrio de campanhas. Claro, não existe parâmetro em relação aos adversários, que na Ásia são tecnicamente mais fracos, mas quando a análise é feita em relação aos jogos em casa e fora, pode-se observar que a semelhança existe e deverá ser o grande trunfo das duas seleções.